30.10.08

Amanhã Talvez

Existem ruas em que tu sempre acabas voltando. Às vezes, só pra dar aquela passada rápida e ver se tudo anda bem, se as casas continuam iguais. Se o jardim ainda tem flores.

É estranho voltar "para casa" e sentir que alguma coisa mudou. Perceber que nada mais do que era teu restou lá. A fachada não tem a mesma cor, as janelas já não têm mais aqueles filetes de madeira por onde entravam o sol. Dá medo de bater à porta.

Será que ainda mora ali? Preferes voltar com a dúvida a ter a certeza de que, realmente, mais nada do que é teu está lá. Deixas a visita para depois. Voltas outro dia, com certeza. Mas só tu sabes como é ruim ir embora sem saber se aquele mesmo sorriso te receberia outra vez.

2 comentários:

Ariana Luz disse...

Adorei seu texto - apesar de não ter entendido muito.
Estava dando uma olhada nos posts antigos do blog, e li sobre o show do Seu Jorge. Queria ter ido, ele é um músico muito bom!
E deve ser muito engraçado entrevistar a Mallu Magalhães! heuueh

Beijos :*

Bruno Neves disse...

Digo quase o mesmo que a Ariana comentou. :P

Mudanças geográficas e nostálgicas ou mudanças de uma moça crescida buscando uma moça não tão crescida que mudou de atitudes com tempo? Ou nenhuma dessas coisa e tal...hehe

Gostei do blog tudo.